Vender como Afiliado

Com o mercado digital cada vez maior, muitas pessoas decidem iniciar seus negócios no meio digital.

A venda para afiliados é uma das opções e oportunidade que mais se destaca pelo seu baixo custo de entrada e por isso a concorrência pode ser bastante acirrada.

Oferecemos uma ortunidade diferenciada. Cursos de nível superior ainda são pouco divulgados no mercado de afiliados, mas são uma boa oportunidade de negócio nesse mercado, além de ser muito procurado pelo consumidor final.

Para quem está começando e ainda não tem uma audiência formada pode ser um desafio saber por onde começar.

Por isso publicamos esse artigo com o básico que você precisa entender para vender como afiliado e gerar renda.

Passo a passo 

1. Defina o um nicho de mercado

Para dar o primeiro passo como afiliado é preciso escolher um nicho de mercado para atuar, pois é mais fácil mostrar confiança e domínio do assunto e realizar uma venda quando você trabalha com algo que já tenha afinidade.

Escolha um nicho de mercado que você se identifica e domina, pois através desse nicho de mercado você definirá um segmento específico do público.

Esse público é composto por pessoas com interesses por uma área específica, que ajudam a direcionar as suas vendas à um público-alvo específico.

Por exemplo, se você gosta de Educação, você pode apostar na divulgação de cursos relacionados a Educação para profissionais.   

Além disso, você também terá mais facilidade em preparar as suas copys para vendas podendo escrever um discurso mais sincero e convincente. 

O afiliado da Unimétodo conta com quatro áreas de conhecimento segmentadas com vários cursos em cada área para o afiliado escolher as de maior afinidade para divulgação:

MBA/Educação,

MBA/Gestão,

MBA/Saúde,

Treinamento Esportivo

2. Entenda quem é o seu público-alvo

Ao definir um nicho de mercado e posteriormente escolher um produto para vender como afiliado, você vai compreender que apenas algumas pessoas com determinadas características desejarão obter o seu produto.

Essas pessoas serão o seu público-alvo, ou seja, para quem você deve direcionar as suas vendas. 

Uma estratégia utilizada para obter dados mais completos sobre o público-alvo, é a definição de uma persona.

A persona,  é como uma representação do consumidor ideal de um produto ou serviço. Através dela você definirá características como: nome, profissão, interesses, comportamento, oportunidade e necessidades.

Um exemplo é o setor público. Uma dica muito estratégica no segmento de Pós-graduação é ficar de olho em concursos públicos e na carreira do servidor público, criar conteúdos de oportunidades para consumidores de pós-graduação, colocando a pós como diferencial e oportunidade.

Essas personas devem ser baseadas em dados reais do seu público-alvo. Essas informações ajudarão  a entender quais as principais dúvidas e problemas que os seus clientes estão enfrentando, e que posteriormente você irá utilizar no seu discurso para oferecer uma solução para essas carências e dificuldades.

Imagem de duas pessoas conversando para entender como vender como afiliado

3. Aprenda sobre Marketing de Conteúdo

Um dos principais erros na hora de vender como afiliado é esquecer que antes de adquirir um produto o consumidor precisa passar pela jornada de compra.

Apenas empurrar links que muitas vezes o consumidor não irá se interessar, não porque ele não pertence ao público-alvo, mas porque ele ainda não está no momento certo para adquirir o produto, pode ser desestimulante para o afiliado.

O Marketing de conteúdo pode ajudar, pois o que você escreve pode conduzir o consumidor através das etapas.

Não é qualquer conteúdo que irá conduzir o público pelas etapas do funil de venda, é preciso investir em conteúdo de qualidade e que tenha valor. Para isso é sempre importante manter uma pesquisa sobre alguns assuntos que envolvem seu público.

Investir em conteúdo de valor também permite que você adquira autoridade e consequentemente passe a fazer vendas mais facilmente, ao se tornar referência no assunto e no mercado.

Como elaborar conteúdo de valor:

  • Ensine o seu público: Tutoriais, vídeos, artigos com um passo a passo ensinando o seu público a resolver um problema são bem aceitos. 
  • Escreva conteúdos de qualidade: Aprofunde-se nos temas a ponto que eles possam tirar todas as dúvidas da sua audiência.
  • Mantenha constância nas suas publicações: Independente do canal onde você divulgar o seu conteúdo mantenha um calendário de publicações e não esqueça de fazer testes para entender qual é a receptividade do seu público.  
  • Aproxime a comunicação ao seu público: Para ter sucesso com o seu público é preciso conhecer qual linguagem é utilizada por ele, bem como o tom de voz a ser utilizado por você na hora da comunicação. 

4. Crie o seu blog ou landing page para divulgar os produtos 

Agora que você já sabe a importância do Marketing de Conteúdo para divulgar os seus produtos de afiliados, você está pronto para descobrir onde vender como afiliado nos diferentes canais disponíveis.

Um blog é uma ótima ferramenta para você apresentar os seus conteúdos pensando em cada etapa do funil de vendas.

Nele é possível apresentar desde artigos mais completos até listas com diferentes informações para suprir a necessidade de informação do seu público-alvo. 

Além disso, você poderá, entre os seus conteúdos, inserir seu link de afiliado de uma maneira mais natural e menos direta para despertar o interesse do público.

Como os seus conteúdos serão mais completos nesse canal, fica mais fácil também estruturar o seu calendário de publicações e readequar o seu conteúdo. 

 É importante que o seu blog e as redes sociais sejam uma extensão um do outro e que em ambos você possa observar quais conteúdos fazem mais sucesso entre seu público. 

Para melhorar as suas chances de ser encontrado pelo seu público-alvo no seu blog, além da divulgação nas redes sociais, confira nossas dicas:

  • Estude SEO: Dessa forma o seu blog pode aparecer nas primeiras páginas de pesquisa do Google para um termo específico relacionado ao seu produto de afiliado ou para palavras-chave das suas publicações.
  • Faça o envio de Newsletter: Permita que as pessoas se cadastrem no seu blog para receber seus conteúdos, faça o envio de listas com publicações relevantes e que possam conduzi-las pelo funil de vendas.
  • Não faça SPAM: Por mais que seja um aspecto positivo ter uma lista de e-mail com os leitores do seu blog, cuidado para não lotar a caixa de emails deles a ponto de se tornar irrelevante. 
  • Aposte em materiais de divulgação: A criatividade é o limite e você pode utilizar banners dos produtos, imagens, e arquivos de vídeos para tornar o seu artigo mais dinâmico. 

Quer criar o seu próprio blog e aprender como vender como afiliado? Conheça o Wix e crie o seu blog em poucos minutos para começar a vender. 

Crie seu blog com a Wix

5. Aposte no poder das redes sociais

Por possuírem um grande volume de acessos, elas são os canais perfeitos para você gerar conteúdos que sejam compartilhados e que contenham um link de afiliado, por exemplo. 

Você pode criar um perfil profissional nas principais redes sociais Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIN.

Lembre-se que nas redes sociais quanto mais vezes a sua publicação for compartilhada maior será o seu alcance. 

Imagem de duas pessoas divulgando como vender como afiliado através de celular e notebook

6. Invista em conteúdos de vídeo

Para vender como afiliado utilize conteúdo em vídeo, pois esse é um dos formatos de conteúdo mais compartilhados dentro das redes sociais, e também são bastante populares, tendo uma aceitação melhor do público pela interatividade e maior facilidade de assimilação de conteúdo.

Por isso, investir em conteúdo em vídeo é uma ótima oportunidade para engajar-se com o seu público. 

Eles podem ser criados para informar o público, educar e ainda divertir, basta utilizar a criatividade e se o seu vídeo viralizar você pode ter milhões de visualizações. 

Você pode fazer um review do curso, um unboxing, falar sobre a qualidade e objetivo como algo que te chamou a atenção, depoimento etc…

Plataformas como Youtube são ótimos locais para criar vídeos com conteúdo informativo e educativo, pois eles podem ser compartilhados em blogs e nas redes sociais.

Já no Instagram você pode optar por utilizar os diferentes recursos da plataforma como fazer vídeos para os Stories, para o IGTV ou então para o Reels. 

7. Copywriting

Para escrever os conteúdos das suas publicações, escrever sobre o o curso é preciso estudar e aplicar o copywriting.

Essa técnica produz um texto focado em realizar uma conversão, que pode ser comprar um produto ou visitar o seu blog para saber mais. 

Como afiliado é preciso utilizar algumas estratégias: 

  • Conhecer a dor do público: No início mencionamos que é preciso conhecer informações sobre o seu público-alvo inclusive as suas necessidades, e você pode utilizar o copywriting para resolvê-la.
  • Faça conexão emocional com o seu público: Utilize os gatilhos mentais para despertar emoções e sensações no seu público. 
  • Saiba identificar o momento exato no qual falar sobre o seu produto para gerar uma conversão efetiva.
  • Faça o seu público se decidir: depois de apresentar a solução é hora de querer mostrar para o seu público que ele não pode perder a oportunidade de adquirir a sua solução, você também pode utilizar os gatilhos mentais. 
  • Seja objetivo: Não tente enrolar o público, o público sabe quando você está tentando empurrar algo para ele, portanto seja direto e direcione o discurso ao público, com muita objetividade, evite poluições visuais e no texto.

8. Anúncios pagos

Depois de ter toda a estrutura montada, com blogs e as redes sociais, para saber como vender como afiliado, não deixe de investir em anúncios pagos e direcionados ao seu público-alvo.

Dessa forma você pode impulsionar as suas melhores publicações ou então promover seu blog para alcançar diferentes objetivos.

O tráfego pago consiste, basicamente, em pagar para que seus conteúdos sejam impulsionados em sites ou outras plataformas.

Por exemplo, se você quer gerar mais reconhecimento para o seu blog, pode apostar em utilizar anúncios da rede de Display.

A grande vantagem é direcionar os anúncios para um público específico e que você sabe que provavelmente terá interesse em adquirir seus produtos e serviços. 

Destacamos as duas principais ferramentas para isso:

  • Google Ads: Permite que você veicule anúncios na rede de pesquisa, rede de display, Youtube e na loja de aplicativos… 
  • Facebook Ads: Permite a veiculação de anúncios e impulsionamento de publicações no Facebook e também no Instagram. 

O Google Ads é uma ferramenta que permite fazer anúncios que serão exibidos na página de resultados de pesquisa do Google.

Os anúncios realizados através do Google Ads funcionam pela compra de palavras-chave específicas e relacionadas com os termos que você um usuário usaria em uma pesquisa para encontrar o seu blog na internet. 

Existe, entretanto, uma série de parâmetros que determinam quando o seu anúncio irá aparecer em uma pesquisa como: A qualidade do anúncio e da página de destino do anúncio são analisadas e o Google atribui uma pontuação a elas.

Ou seja, ele funciona através de um leilão de palavras-chave e você paga apenas quando os usuários clicarem em seu anúncio.

Para saber o que as pessoas estão buscando, você precisará fazer uma análise de palavras-chave.

A escolha de palavras-chave (keywords) guiará sua estratégia de promoção.

Já os anúncios realizados através do Facebook Ads podem ser anúncios de feed de notícias, anúncios de Stories no Instagram, no feed do Instagram então você pode realizar diversos formatos de anúncios. 

E com diferentes objetivos como: tráfego, engajamento, instalação de aplicativo, visualização de vídeo, geração de leads entre outros.

O aspecto positivo em utilizar essa ferramenta é que a ferramenta vai indicando cada um dos seus passos, e embora você possa definir um orçamento diário máximo para a campanha, você também pode permitir que o Facebook controle o orçamento para ter desempenho máximo.

Agora você já sabe como vender como afiliado…

Pronto para entrar no mercado de afiliados agora que você já entendeu como vender como afiliado iniciante não esqueça sempre de reforçar a marca, seja no seu blog ou nas redes sociais. 

É preciso conquistar o público e também é necessário investir em relacionamento para que esse público possa ser fidelizado e realizar um marketing indireto. 

Portanto, mesmo depois de conquistar as suas primeiras vendas não esqueça de criar conteúdos para aqueles que já são seus clientes. 

Boas vendas!

Referência:
Resumo e adaptação do artigo original e imagens publicados em https://www.jivochat.com.br/blog/vendas/como-vender-como-afiliado.html